Quais as principais habilidades de um profissional de TI?


No final de janeiro de 2019, o LinkedIn divulgou o Global Talent Trends 2019 – relatório que detalha quais as tendências para contratações este ano. O que os resultados deixam claro é que as habilidades do profissional de TI (e de qualquer outra área) precisam ir muito além da técnica na hora de ser contratado.

Logo na abertura, o relatório do LinkedIn – feito a partir de pesquisas com mais de cinco mil profissionais de Recursos Humanos, entrevistas com líderes de empresas e análise de da própria plataforma em 35 países – deixa claro que a relação empregador-empregado passa por um momento de transição, em que este relacionamento passa a ser mais igualitário não apenas por questão de aparência, mas obviamente porque é bom para os negócios.

Além desta macrotendência, a pesquisa ainda identificou quatro dinâmicas emergentes nas empresas: soft skills, flexibilidade para trabalhar, cultura anti assédio e transparência sobre pagamentos.

Sugestão: leia artigo sobre cuidados com proteção digital em período de home office.

Habilidades do profissional de TI: Por que as soft skills são tão importantes?

Vamos começar explicando o que são soft skills. Os profissionais de Recursos Humanos chamam de soft skills as habilidades comportamentais mais subjetivas e particulares de cada pessoa, principalmente, da hora de interagir com outras ou reagir em situações de tensão ou de extrema pressão.

No outro lado da balança estão as hard skills, ou seja, as habilidades técnicas do profissional. Como a demanda por profissionais de TI é muito alta, por muito tempo, as soft skills de pessoas nessa área ficavam em segundo plano. Porém, o cenário é outro, atualmente.

Como bem disse a Chefe de RH da Home Credit Consumer Finance Co. Lydia Liu “enquanto as habilidades técnicas fazem com que candidatos coloquem um pé na porta de entrada das empresas, são as soft skills que vão abrir esta porta no final das contas”.

As soft skills são o que fazem um profissional se destacar no meio da multidão de pessoas com a mesma formação técnica. São características únicas, inerentes de cada pessoas, que não podem ser copiadas por nenhum software de machine learning ou inteligência artificial.

Um outro dado interessante levantado pela pesquisa do LinkedIn é de que 62% dos entrevistados concordam que é mais importante contratar pela combinação de soft e hard skills. Ou seja, os dois tipos de habilidade pesam muito.

Habilidades do profissional de TI: “As soft skills”

O relatório do LinkedIn identificou cinco soft skills que as empresas precisam, mas que são raras de encontrar. Ainda que sejam chamadas de inatas, profissionais de TI ou de outras áreas podem estudar e trabalhar para desenvolver estas habilidades. Abaixo, confira quais são estas habilidades do profissional de TI citadas pela pesquisa e como fazer para que elas fiquem evidentes na sua ‘caixa de ferramentas’:

1. Criatividade

Ser criativo não serve apenas para quem é formado em Artes ou Design. Para profissionais de TI, isso tem muito a ver com a capacidade de resolver problemas de um jeito original. A expressão é batida, mas pense fora da caixa! Lembre que você é brasileiro/a e, como tal, nascemos com um twist de criatividade e capacidade de improviso que não se vê em outros lugares do mundo.

Se você quer ultrapassar as habilidades, codificar e desenvolver sua criatividade de outras formas, vai precisar alimentar seu cérebro com informação criativa. Leia livros de design (diga oi para autores como Bruno Munari), frequente exibições de arte e museus, ouça músicas novas, estude sobre técnicas como Design Thinking e esteja aberto ao diferente.

2. Persuasão

De nada adianta ter uma ótima ideia ou produto e não ser capaz de vendê-lo, certo? Para desenvolver essa habilidade você pode começar com os clássicos dessa área, como o superfamoso livro do Dale Carnegie, ‘Como fazer amigos e influenciar pessoas’ ou buscar conhecimento na área de comportamento de consumo e liderança.

Outra forma de aprender a convencer, é observar pessoas perto de você que possuem essa habilidade. Uma fórmula que geralmente funciona é: observação+análise de dados=proposição de soluções. Se você não tem clareza sobre o porquê de querer convencer alguém de algo, volte algumas casas e repense.

3. Colaboração

Atenção profissionais de TI: em tempos de sistemas de complexidade crescente, de AI em todos os lugares, é fundamental ter a habilidade de encontrar seu papel em projetos e ser capaz de colaborar, para obter resultados mais efetivos.

Como fazer isso: comece pela ‘escuta ativa’. O que é isso? Estar aberto para ouvir de fato o que os outros têm a dizer, sem interromper, sem querer impor o que você acha. Colaborar no local de trabalho atual significa estar disposto compreender e contribuir.

4. Adaptabilidade

É a famosa resiliência. Pela própria natureza técnica e em constante evolução da tecnologia, profissionais de TI estão acostumados a aprender sempre sobre a próxima tendência em programação.

Em uma sentença, Paul Petrone, editor do LinkedIn Learning define porque essa característica importa: “uma mente adaptável é uma ferramenta essencial para navegar no mundo que sempre muda, já que uma solução de ontem não vai resolver os problemas de amanhã”. Ou seja, pense adiante.

5. Gestão do tempo

Essa soft skill nunca sai de moda. Ainda que pareça fácil, poucos profissionais têm a habilidade de priorizar e gerir o tempo com sabedoria. Como profissional de TI, você provavelmente tem um pensamento lógico e organizado.

Se ainda assim você acha difícil controlar sua própria agenda, adote métodos simples. Pode ser Google Agenda, Bullet Journal, tríade do tempo. Não importa. Procure descobrir de que maneira você gere melhor o seu tempo.

Habilidades do profissional de TI: “As hard skills”

Bom, se você já é um profissional de TI, está com sorte. Isso porque dentre as habilidades técnicas que o mercado precisa em 2019, a maioria é na área de tecnologia. Vamos ver quais são estas hard skills em alta demanda no mercado:

1. Cloud computingo mundo está migrando para a nuvem, por isso engenheiros com conhecimento nesta área são extremamente necessários.

2. Inteligência artificial: bom, IA não é mais coisa de filme de ficção científica, mas faz parte do cotidiano, na palma da sua mão, em todo tipo de aplicativo dos de gps até o comando de voz e tradução. Profissionais de TI são necessários agora, a Era da IA.

3. UX Design: Pensar em como usuários experienciam a web é a função destes profissionais de TI num mundo cada vez mais conectado.

4. Desenvolvimento de Aplicativos Mobile: Tudo cabe no nosso smartphone. Afinal, agora o mobile vem antes de desktops ou de qualquer outra tela grande.

Outras áreas em que profissionais de TI são muito solicitados são Computação Científica, Desenvolvimento de jogos, Animação, Teste de Software e Ciência de Dados.

Quer saber mais sobre as habilidades do profissional de TI e do setor além de acompanhar as novidades desse setor tão dinâmico? Fique ligado no blog da ADTsys!


Conteúdos que você pode gostar também:

Conheça o Data Lake Blockchain as a Service

Assista o vídeo na íntegra para entender a proposta e o funcionamento da Plataforma Data Lake Blockchain! Se tem…

Conheça o Data Lake Blockchain As a Service

A ADTsys em parceria com Von Braun Labs lançou seu novo serviço, o Data Lake Blockchain as a Service.

Data Analytics e BI – transformação digital nas empresas 4.0

Data Analytics e BI têm presença garantida no mercado 4.0, marcado pela corrida das empresas em busca de estratégias e…