Rede Segura mesmo em período de home office


 

 

 

 

Rede Segura em home office? A pandemia provocada pelo novo coronavírus levou muitas empresas a adotarem o home office durante o período de isolamento social – considerado essencial para evitar a propagação do vírus.

Mas como manter a segurança digital de sua empresa mesmo com os colaboradores trabalhando remotamente? Este é o tema deste artigo. Confira!

Os desafios do home office

O novo coronavírus vem gerando uma grande mudança em nossa rotina pessoal e profissional.

Entre elas o trabalho remoto passou a ser uma saída, exigindo adaptação e capacidade de superar obstáculos como: manter o foco e a produtividade em um ambiente onde, muitas vezes, há crianças que precisam de atenção e nem sempre oferece a mesma tranquilidade que há no escritório; estabelecer (e respeitar) horários de trabalhos, tendo tempo para si mesmo e para a família; manter o equilíbrio físico e emocional diante da pandemia que está abalando nosso dia a dia.

Como se não bastasse, entre tantas preocupações, ainda é preciso os devidos cuidados para não comprometer a cibersegurança quando cada colaborador em home office representa uma espécie de “filial” da empresa. Só que sem o suporte técnico para parar em cada mesa de trabalho e instalar um patch ou verificar se todos os requisitos de segurança digital estão sendo observados.

Parece, mesmo, assustador. Mas há algumas formas de aumentar a proteção cibernética organizacional durante o período que durar a crise provocada pelo novo coronavírus. E, claro, quando ela passar, sempre que o trabalho remoto for necessário.

Acompanhe nossas dicas para fortalecer a ciber proteção, mesmo em período de home office – e, claro, nosso time está à disposição para ajudar a tornar o trabalho remoto de sua equipe devidamente protegido.

SAIBA MAIS

1. Rede Segura em home office: Defina o computador a ser usado

A definição do computador a ser usado durante o home office é essencial para estabelecer os procedimentos de segurança adequados – e eles são diferentes para um equipamento da organização e o de uso pessoal.

Se o equipamento pertencer à empresa, a principal atenção deve ser em relação à rede de internet que será utilizada pelo usuário. E no retorno ao ambiente de trabalho, após a quarentena, será preciso uma inspeção para verificação do dispositivo, bem como as necessárias providências, antes que seja colocada em uso novamente. 

No caso de optar pelo uso da máquina do próprio colaborador, no entanto, o ideal é conhecer a proteção adotada pelo usuário e, sendo necessário, ampliar a segurança com o uso de soluções adequadas. 

Ter uma política de segurança digital já estabelecida facilitará o processo de alerta e conscientização dos colaboradores, mas se não houver, é essencial criar regras básicas, alertando a todos sobre a necessidade de praticá-las no dia a dia.

Entre as boas práticas de segurança que precisam ser adotadas sempre, nunca é demais destacar:

  • Ativação das atualizações automáticas de software para seu sistema operacional e programas;
  • Antivírus e backups sempre atualizados;
  • Gerenciamento de senhas – mesmo que o trabalho seja remoto, manter a senha em segredo é essencial;
  • Cuidados com phishing que, na fase atual, utiliza assuntos relacionados ao novo coronavírus para aumentar as chances de abertura de e-mail e links maliciosos. 

Uma última dica: a máquina usada pelo colaborador não deve ser utilizada por outros membros da família, mesmo se o equipamento pertencer a ele.

2. Monitore o tráfego de dados de rede

Acompanhar o tráfego dos dados de rede da máquina usada pelo colaborador em home office permite identificar riscos, como o acesso a servidores desconhecidos ou arquivos suspeitos baixados.

Para isso, basta instalar uma solução específica no computador que está sendo usado para o trabalho remoto. E a boa notícia é que essas soluções, além de fiscalizar os acessos e identificar vulnerabilidades antes que elas coloquem o ambiente digital em risco, podem monitorar o horário de trabalho praticado por cada indivíduo, garantindo uma jornada parecida com aquela que é praticada presencialmente. 

Esse controle é importante por uma questão de produtividade e para evitar que o colaborador ultrapasse a carga horária – o que pode gerar prejuízo físico ao trabalhador e, até mesmo, problemas jurídicos para a empregadora no futuro.

3. Rede Segura em home office: Use Rede Privada Virtual (VPN)

Ainda que grande parte dos programas de negócios – como Office 365 ou Google Docs – usem o modelo de nuvem de software como serviço (SaaS), muitos dispositivos remotos precisam ser integrados às redes corporativas de forma segura.

Nesse cenário, a VPN (em português, Rede Privada Virtual) é imprescindível para conectar, com segurança, dois ou mais computadores, possibilitando o tráfego de dados de modo completamente seguro entre eles – vale frisar que as VPNs públicas não oferecem a proteção necessária, colocando em risco a cibersegurança.

Com o home office em alta, ela é essencial para permitir que o colaborador acesse a rede interna sem comprometer a segurança digital. Portanto deve ser configurada uma VPN para todos que trabalharem remotamente – do contrário, toda comunicação e acesso entre o trabalhador remoto e a empresa ficarão vulneráveis.

Manter a produtividade e a Rede Segura em home office é um assunto complexo, mas inadiável. Simplifique esse processo e garanta total proteção com o apoio de profissionais experientes.

A ADTsys vai ajudar a definir a VPN ideal para as necessidades de seus negócios, permitindo que o trabalho remoto seja executado com qualidade, agilidade e segurança digital. Fale com nossa equipe técnica especializada!

FALAR COM ESPECIALISTAS EM VPN


Conteúdos que você pode gostar também:

Conheça o Data Lake Blockchain as a Service

Assista o vídeo na íntegra para entender a proposta e o funcionamento da Plataforma Data Lake Blockchain! Se tem…

Conheça o Data Lake Blockchain As a Service

A ADTsys em parceria com Von Braun Labs lançou seu novo serviço, o Data Lake Blockchain as a Service.

Data Analytics e BI – transformação digital nas empresas 4.0

Data Analytics e BI têm presença garantida no mercado 4.0, marcado pela corrida das empresas em busca de estratégias e…