Robôs inteligentes: um caminho sem volta


Uma das principais dificuldades dos donos de micro e pequenas empresas é focar nas decisões estratégicas para garantir o sucesso do seu negócio. Em meio a reuniões, funcionários, relatórios e tarefas administrativas, ainda é comum o empresário dispensar mais tempo do que deveria com esses afazeres.

Por outro lado, as novas tecnologias estão se tornando cada vez mais acessíveis a quem dá os primeiros passos no mundo corporativo e prometem revolucionar a forma de trabalhar ao oferecer automatização de atividades rotineiras.

Graças aos avanços dos robôs e assistentes virtuais, já é possível, por exemplo, registrar despesas e arquivar recibos de forma rápida e fácil. Ou, ainda, ser informado – instantaneamente – sobre pagamentos e recebimentos durante o mês. Também conhecida como chatbot, esse tipo de tecnologia baseada em inteligência artificial vem incentivando companhias do mundo inteiro a criar sistemas capazes de conversar e resolver atividades cotidianas de uma empresa. Por dentro do assunto: A Hekima apresenta números e estatísticas impressionantes sobre inteligência artificial e Big Data Patrocinado

Por meio de programas de mensageria, como o Messenger do Facebook ou o Telegram, o assistente virtual tornou-se um aliado de empresas de grande a pequeno porte, colaborando para que o dono do negócio ganhe tempo para investir em outras frentes. Presente em vários países, o Pegg, chatbot da Sage, é um deles. Além de tornar invisível as tarefas administrativas, o sistema inteligente de bate-papo – o primeiro do setor – permite, entre outras coisas, que o empresário rastreie as despesas e gerencie as finanças do seu negócio pelo celular ou computador, tornando a tecnologia mais acessível, divertida e poderosa.

Na era tecnológica, essa tendência é certamente um caminho sem volta. Com a familiaridade das pessoas com os aplicativos de mensagens, o uso da inteligência artificial para o fluxo de trabalho e processos baseados em regras atende as necessidades dos usuários de hoje, que estão ávidos por soluções mais rápidas e disponíveis 24 horas, durante todos os dias da semana.

Nesse sentido, os bots devem ser considerados uma ferramenta altamente eficiente para aumentar a produtividade do empreendimento no dia a dia e eliminar processos repetitivos e burocráticos, auxiliando na competitividade das empresas.
Isso porque os agentes inteligentes, associados aos sistemas IA, estão se tornando, a cada dia, mais habilidosos para entender o comportamento dos usuários, interpretar as necessidades e tomar as melhores decisões.

Mas tirar proveito dessa oportunidade exige uma nova atitude de quem está por trás do negócio. É preciso estar aberto para a inovação que a tecnologia proporciona e perceber que cuidar de tarefas administrativas hoje pode ser tão fácil quanto trocar mensagens com um amigo. Quem enxergar primeiro essa realidade, ficará imediatamente na dianteira e ganhará em diferencial competitivo. Vale a pena e o caminho é sem volta.

Fontes: Administradores, David Pereira – Vice-Presidente de Product Engineering na Sage Brasil.


Conteúdos que você pode gostar também:

Inteligência Artificial e os benefícios do deep learning

Inteligência Artificial e os benefícios do deep learning: Junto com diversas pesquisas e descobertas relacionadas ao…

Infrastructure as a Code: Gerencie nuvens com eficiência

Saiba mais sobre o termo Infrastructure as a Code O termo Infrastructure as a Code (Infraestrutura como Código) tem se…

Como migrar pra cloud computing de forma segura?

Dicas de como migrar para cloud computing com segurança O fato de migrar pra cloud computing nada mais é do que uma…