Amazon: metade do processamento de IoT vai acontecer na nuvem até 2020


Amazon: metade do processamento de IoT vai acontecer na nuvem até 2020: Pelo menos 75 bilhões de objetos estarão conectados nos próximos quatro anos e serão, em média, 10 dispositivos por pessoa conectados à rede. Mais do que isso: metade de todo o processamento dessas informações vai acontecer na computação em nuvem.

“Não dá para dissociar IoT de uma estrutura de cloud computing. É certo que sem conectividade não se tem IoT. Mas as aplicações terão grande dificuldades sem computação em nuvem. Fato é: não basta conectar, é preciso processar e tirar valor”, sustenta o diretor da Amazon Web Services, Marcos Grilanda, que participou do IX Seminário TelComp 2016, realizado no dia 09/11, em São Paulo.

Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, o executivo fala dos planos da Amazon Web Services no Brasil e assegura que as operadoras não são rivais, mas, sim, parceiras de negócios. Com relação à adoção de computação em nuvem pelas empresas brasileiras, Marcos Grilanda diz que é uma jornada em curso. “Mas posso garantir que colocar os dados na nuvem é bem mais seguro do que tê-los num datacenter próprio”. Assistam a entrevista com Marcos Grilanda.

“Amazon: metade do processamento de IoT vai acontecer na nuvem até 2020”

FONTE: CONVERGÊNCIA DIGITAL


Conteúdos que você pode gostar também:

Inteligência Artificial e os benefícios do deep learning

Inteligência Artificial e os benefícios do deep learning: Junto com diversas pesquisas e descobertas relacionadas ao…

Infrastructure as a Code: Gerencie nuvens com eficiência

Saiba mais sobre o termo Infrastructure as a Code O termo Infrastructure as a Code (Infraestrutura como Código) tem se…

Como migrar pra cloud computing de forma segura?

Dicas de como migrar para cloud computing com segurança O fato de migrar pra cloud computing nada mais é do que uma…