SRE x DevOps: Quais as diferenças?


Curioso para saber a diferenças entre SRE e DevOps? Em meio à economia criativa atual, permeada por recursos tecnológicos, as empresas têm dois objetivos principais para se manterem competitivas: reduzir o tempo de implementação de uma solução e controlar os custos.

Depois de falar sobre algumas tendências e explorarmos o universo da cloud computing no blog, hoje vamos explorar detalhes sobre duas funções que parecem se sobrepor, mas têm diferenças claras: DevOps e SRE (Site Reliability Engineer).

Não há uma receita definida para as empresas ajustarem seu ambiente organizacional. Tudo depende da estrutura da empresa, de seus ativos e objetivos a partir da implementação de uma nova arquitetura.

Atualmente, existem diversas abordagens para gerenciar a infraestrutura da sua empresa. E é sobre duas delas que falaremos a seguir.

DevOps: o que é e como funciona?

DevOps é uma forma de gerenciamento que se consolidou aos poucos no setor de TI.

Assentado sob a perspectiva das metodologias ágeis, o DevOps pressupõe uma rotina de automação em TI que possibilita a entrega contínua de produtos – ou protótipos – digitais úteis.

O método DevOps aposta nos processos automatizados, além de uma comunicação horizontal e agilizada, para integrar as diferentes áreas envolvidas no setor de TI e facilitar a transformação digital e a entrega de soluções.

Planejamento, desenvolvimento, implementação, configuração e suporte. A rotina de DevOps une desenvolvimento e operações, sendo responsável por planejar, desenvolver a solução e garantir o pleno funcionamento no pós-entrega.

Entre as habilidades de um DevOps estão: conhecimento de ferramentas de operações e automação, facilidade em lidar com rotina de testes e atualizações, habilidades para trabalhar em equipe, entre outros.

Dica de leitura: DevOps é uma resposta inevitável para uma TI cada vez mais complexa.

Método SRE, concebido pela Google

O método SRE (Site Reliability Engineer) surgiu da necessidade. Foi concebido por Ben Treynor, engenheiro do Google, durante um processo em equipe para aumentar a confiabilidade do site do que hoje é o principal buscador da internet.

Equipes SRE trabalham divididas em chamadas de operações e outras desenvolvendo software e configurando recursos. Essa filosofia incorpora algumas diretrizes do DevOps, mas sustenta diferenças fundamentais.

SRE e DevOps não são métodos que concorrem entre si para o desenvolvimento de softwares e gerenciamento de operações. Ambos são, sim, serviços complementares que podem ser utilizados de forma conjunta na intenção de aprimorar e acelerar a entrega de produtos digitais.

Veja a seguir as diferenças entre DevOps e SRE.

DevOps x SRE: veja as diferenças

Se o DevOps, no caso, precede um alinhamento fino e comunicação horizontal para diminuir os abismos entre as equipes de TI, mantendo todos na mesma página – além da comunicação, existem outros benefícios no uso do método DevOps!

Já o método SRE acaba com os problemas de comunicação na equipe colocando na chefia do departamento profissionais especializados em operações.

Abaixo traçamos uma lista comparativa com algumas diferenças entre os métodos:

DevOps

  • Implementação gradual da mudança no setor de TI
  • Avaliação dos resultados com base em análise de evidências
  • Visa automação do setor de TI em curto prazo

SRE

  • Movimentação rápida em prol da transformação para reduzir custos
  • Métodos prescritivos para mensurar resultados
  • Foca na automação para concentrar aquilo que traz valor a longo prazo

Entendendo as diferenças entre SRE e DevOps para fazer a escolha certa!

Como já falamos acima, não temos resposta exata sobre qual abordagem é melhor.

Tudo depende do objetivo e da estrutura da sua empresa. Uma consequência comum das duas escolhas, porém, é uma mudança radical em termos de organização, cultura e produção dentro da organização.

Antes de fazer a escolha, porém, é preciso considerar alguns aspectos:

  1. Estrutura: antes de traçar um plano e estabelecer um objetivo, é preciso ter clareza do estágio atual do ambiente organizacional da sua empresa;
  2. Equipe: uma nova abordagem implicará na realocação ou contratação de funcionários? Avalie as necessidades da sua equipe para se adaptar ao novo momento;
  3. Problematize os resultados: você mira resultados em curto prazo ou foca em um processo mais contínuo de melhoria ao longo do tempo? Essas visões são determinantes para escolher qual a melhor abordagem!

Quer conhecer mais sobre a cultura de otimização e aprimoramento contínuo, focada na melhoria dos resultados da sua empresa? Acesse detalhes do método DevOps e fique por dentro das principais tendências do mercado de TI em nosso blog.

Aqui na ADTsys somos especialistas em cloud computing e concedemos suporte a toda estrutura de TI, apoiando desde o analista de suporte até o gestor de TI com o desenvolvimento e manutenção de ferramentas que agregam valor ao projeto.

Fale com nossa equipe e descubra qual a melhor metodologia para seu negócio: DevOps ou SRE – clique e solicite contato!


Conteúdos que você pode gostar também:

Conheça o Data Lake Blockchain as a Service

Assista o vídeo na íntegra para entender a proposta e o funcionamento da Plataforma Data Lake Blockchain! Se tem…

Conheça o Data Lake Blockchain As a Service

A ADTsys em parceria com Von Braun Labs lançou seu novo serviço, o Data Lake Blockchain as a Service.

Data Analytics e BI – transformação digital nas empresas 4.0

Data Analytics e BI têm presença garantida no mercado 4.0, marcado pela corrida das empresas em busca de estratégias e…